medicina com enem.jpg

Aproveite o resultado do Enem para ingressar em Medicina

Robson Ribeiro

A concorrência por uma vaga no curso de Medicina costuma ser proporcional ao desejo do estudante em conquistar uma vaga. Mas você sabia que o vestibular tradicional não é a única maneira de conseguir isso? Também é possível utilizar o resultado do Enem.

Isso porque o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio vem sendo adotado como alternativa ao processo seletivo tradicional. Neste post, nós vamos explicar como utilizar a nota do Enem para Medicina.

medicina enem

Qual a relação entre o resultado do Enem e a nota de corte? 

A primeira informação para o candidato que pretende utilizar o resultado do Enem para a conquista de uma vaga em Medicina é reconhecer a importância da chamada nota de corte.

Trata-se da pontuação mínima que o candidato precisa alcançar para ser considerado apto a concorrer por uma das vagas. Essa nota é determinada de acordo com critérios múltiplos, como a instituição de Ensino, o turno, o campus e a quantidade de vagas disponíveis.

É válido o lembrete que a nota de corte apresenta oscilações diárias, por que essa nota pode ser superada a qualquer momento por um candidato que tenha pontuação mais alta que o último colocado. Mesmo antes da divulgação dos resultados oficiais, é possível ter uma noção de seu desempenho após a divulgação do gabarito do Enem.

Qual a nota de corte do Enem para Medicina?

Agora que você já entendeu por que o seu resultado do Enem precisa ser superior à nota de corte, qual deve ser, afinal, o seu aproveitamento para conquistar a tão sonhada vaga? Primeiro, abordemos o Sistema de Seleção Unificada (SISU), programa onde as vagas são mais concorridas.

Para a seleção que ocorreu no primeiro semestre de 2018, a notas de corte para os candidatos a uma vaga de Medicina oscilou entre 750,06 e 881,76. Curiosamente, as duas universidades estão sediadas no estado do Rio Grande do Norte.

Como um panorama geral, pode-se concluir que o candidato amplia as suas chances se conseguir uma nota igual ou superior a 850 pontos. Desempenhos próximos a 800 pontos também são aceitos em muitas instituições. Abaixo desse patamar, as chances diminuem.

Quais as outras alternativas para quem pretende usar o Enem para medicina? 

Outras alternativas para quem pretende usar o Enem para Medicina são o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Também mantidos pelo governo federal, ambos os programas consideram o resultado do Enem como um dos critérios de seleção, mas também há outros, como a situação econômica do candidato.

Vale lembrar que as provas do Enem possuem 180 questões de múltipla escolha, divididas em grandes áreas do conhecimento: Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, além da obrigatoriedade de uma redação. A divulgação dos resultados do Enem 2018 está prevista para janeiro de 2018.

Esperamos que você tenha compreendido o que precisa fazer para usar a nota do Enem para Medicina. Acesse a nossa página e veja como o Poliedro pode te ajudar na preparação para essa prova!

Nova call to action

Mais Posts