curiosidades ita.jpg

Concurso ITA: 5 curiosidades a matar

Robson Ribeiro

A Engenharia está entre as carreiras mais promissoras atualmente. A demanda por profissionais bem preparados só tende a aumentar. Sem dúvida, é uma boa opção para os entusiastas das exatas que já pensam no vestibular.


Uma das áreas mais antigas das ciências exatas, a Engenharia contribui para o progresso tecnológico e é de suma importância para o desenvolvimento da civilização. Para quem deseja perseguir uma formação de excelência e estar à altura dos desafios que a profissão promove, escolher a instituição onde realizar a formação é o primeiro grande passo. Por isso, vamos falar do concurso ITA.

aeronautica ita

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)


Fundado em 1950, o ITA se mantém como a mais prestigiada instituição brasileira a oferecer cursos de graduação e pós-graduação em áreas ligadas à engenharia, especialmente no setor aeroespacial. É uma instituição pública vinculada à Força Aérea Brasileira. Localiza-se na cidade de São José dos Campos (SP), e, além do ensino gratuito, oferece alimentação e alojamento a baixo custo, ou a custo zero para os alunos que provarem carência.


Estudar no ITA é uma oportunidade única, além de uma experiência de vida enriquecedora. Para chegar lá, é preciso passar pelo concurso ITA, um dos processos seletivos mais exigentes do país. A seguir, vamos conhecê-lo melhor.

Curiosidades sobre o processo seletivo

1.  Quais os cursos oferecidos?

São oferecidas 110 vagas, distribuídas por 6 cursos (Engenharia Aeronáutica, Eletrônica, Mecânica-Aeronáutica, Civil-Aeronáutica, Engenharia de Computação e Aeroespacial). Do total de vagas, 25 são destinadas aos que querem ingressar na carreira militar. As demais, ficam para os que seguirão carreira civil. A opção deve ser feita no ato de inscrição.


2.  Como é o vestibular?


O concurso ITA começa com uma prova de escolaridade, realizada em uma fase. São cobrados conhecimentos de matemática, física, química, língua portuguesa e inglês. Não se esqueça de que se trata de um exame bem elaborado e um dos mais concorridos do país. Portanto, é necessário preparar-se bem. Os aprovados ainda passam por uma inspeção de saúde.


3.  É possível ingressar pelo SISU ou por cotas?


Pelo SISU, não. Isto porque o ITA está vinculado ao Ministério da Defesa, e não ao MEC. A instituição sim adota o sistema de cotas raciais.


4.  Existe limite de idade?

Sim. O candidato não pode ter mais do que 23 anos até o dia 31 de dezembro do ano em que efetua a inscrição.


5.  Que pontuação se deve atingir para passar?


O candidato ao concurso ITA não pode zerar nenhuma prova e nem a redação. Deve atingir nota igual ou superior a 4 (numa escala de 0 a 10) em todas as matérias. A média deve ser superior a 5. As questões dissertativas são corrigidas por 2 examinadores: havendo divergência superior a 2 pontos entre as notas, um terceiro examinador as corrigirá.

A importância de uma boa preparação


Não é novidade que o concurso ITA tem fama de difícil. Mas não é missão impossível. A prova é constituída por conteúdo do Ensino Médio e o ideal é estudar com foco desde o primeiro ano. Se você se decidiu depois, uma boa opção é contar com a ajuda de um cursinho preparatório focado no exame.


O sistema de ensino Poliedro conta com uma metodologia sólida e eficaz, e altos índices de aprovação. Confira como o Poliedro pode te ajudar a chegar ao ITA.

Nova call to action

Mais Posts

Nova call to action